20 C
São Paulo
julho 24, 2024
Tecnologia

Inteligência artificial além de projetos conceituais: Aplicações práticas para a arquitetura

No âmbito da arquitetura, observa-se um crescente interesse dos consumidores por soluções integradas que ofereçam suporte abrangente em todas as fases de um projeto, que simplifiquem e otimizem cada fase do ciclo de vida dos projetos de construção, proporcionando maior eficiência e precisão. Isso perpassa etapas como a orçamentação, o planejamento e gerenciamento da obra, a gestão orçamentária de recursos e suprimentos, a compra de materiais e chega até a venda do imóvel.

O impacto da inteligência artificial na indústria da construção

Rogério Lima, CEO da DOMUS Arquitetura e Consultoria e Professor em ZIGURAT Institute of Technology, destaca que a introdução da inteligência artificial (IA) está trazendo uma revolução significativa para a indústria da construção. “Normalmente, as imagens geradas por estas IAs mostram prédios muito inusitados. Este é um exemplo que mostra uma situação real do dia a dia,” comenta Rogério. A IA está impactando profundamente a maneira como os processos são conduzidos, oferecendo novas capacidades computacionais que abrangem todos os aspectos da arquitetura, construção e engenharia.

Para os arquitetos, a IA oferece um vasto campo de possibilidades durante a fase de design. Ferramentas de design generativo, alimentadas por algoritmos de IA, permitem criar projetos otimizados que maximizam a integridade estrutural, eficiência energética e minimizam o uso de materiais. Estas ferramentas não apenas inovam no design, mas também proporcionam soluções práticas que se traduzem em economia de custos e sustentabilidade, abordando situações reais do dia a dia e necessidades práticas dos projetos.

Aplicações práticas da inteligência artificial na construção

Para os construtores, no entanto, a IA se revela uma aliada poderosa na fase de execução. A análise preditiva baseada em IA possibilita um agendamento mais preciso dos projetos e uma alocação otimizada de recursos, o que minimiza atrasos e custos excessivos. Após a conclusão das obras, sistemas inteligentes garantem que os edifícios permaneçam energeticamente eficientes, seguros e confortáveis, ao prever necessidades de manutenção antes que se transformem em problemas onerosos. Essas aplicações práticas de IA são essenciais para enfrentar desafios cotidianos na construção.

Neste exemplo, foi utilizado o Autodesk Revit para a modelagem, enquanto a renderização foi realizada na plataforma de IA VERAS. Para cada imagem gerada, foi utilizado um prompt diferente, destacando aspectos específicos da arquitetura, como materiais de acabamento predominantes, estilo e atmosfera, para explorar diferentes resultados composicionais. Além disso, foram testados variados níveis de liberdade criativa da IA, permitindo que ela interferisse em maior ou menor grau nos aspectos do modelo base. Dessa forma, ampliou-se o leque de possibilidades dos resultados obtidos, embora com menor controle.

Liderança na adoção da inteligência artificial

Contudo, a verdadeira transformação advinda da IA vai além da tecnologia. Rogério enfatiza que a adoção da IA não é meramente uma atualização operacional, mas um esforço de liderança. Os profissionais da indústria precisam abandonar metodologias tradicionais e abraçar uma mentalidade de liderança que veja a IA como um componente essencial na evolução do setor. Este compromisso exige uma educação contínua e o desenvolvimento de novas habilidades, permitindo que os profissionais compreendam profundamente e dominem as tecnologias de IA.

Educação como pilar da transformação

A educação desempenha um papel crucial nesse contexto. O ZIGURAT Institute of Technology é a primeira instituição a lançar um Curso de Aperfeiçoamento em Inteligência Artificial aplicada à Construção em português após o sucesso de suas edições em inglês e espanhol. Este programa visa proporcionar não apenas conhecimento teórico, mas também expertise prática na utilização da IA para redefinir o campo arquitetônico. Segundo Rogério, a educação e o desenvolvimento de habilidades são fundamentais para fomentar respostas inovadoras e visionárias ao cenário em evolução da arquitetura e construção.

Related posts

Summit discute uso da neurociência e da tecnologia na arquitetura

Richard Otterloo

Future Foods: degustação de grilos é atração em festival de inovação no Sul de Minas

Richard Otterloo

A inteligência artificial é realmente a próxima grande novidade na arquitetura?

Richard Otterloo