20.1 C
São Paulo
junho 25, 2024
Brasil

Bolsonaro sinaliza a aliados que retornará ao Brasil em março

O ex-presidente Jair Bolsonaro sinalizou a aliados que pretende retornar ao Brasil em março.

Ele ainda se encontra nos Estados Unidos, mas nem mesmo seus auxiliares mais próximos estão com ele, pois tiveram de retornar ao Brasil após o fim da vigência de seus vistos.

Ainda não há um plano para o que fazer após seu retorno. Há um incômodo grande dentre aliados mais próximos com a falta de defesa de seu governo por parte de ex-ministros.

A crise com o yanomami é mencionada como exemplo disso. Seu entorno aponta que nenhum dos ministros e autoridades relacionados ao caso se dispuseram a defendê-lo: Damares Alves (Direitos Humanos), Eduardo Pazuello e Marcelo Queiroga (Saúde), Tereza Cristina (Agricultura) e o ex-presidente da Funai, Marcelo Xavier.

A leitura é de que o ex-presidente se tornou politicamente tóxico, fazendo com que mesmo seus antigos aliados não mais o defendam. Isso vale pra outros ex-ministros, como Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia), bem como para setores que ajudaram a sustentar o governo, como o agronegócio, politicamente representado pela Frente Parlamentar da Agricultura.

Related posts

PF começa a destruir maquinário de garimpeiros na TI Yanomami

Richard Otterloo

Mansões compartilhadas: como funciona esse mercado de luxo no Brasil

Richard Otterloo

Como reformar e modernizar espaços mantendo a arquitetura original

Richard Otterloo